2022 / 12 / 09         14~22°C         55~90%

Política de Gestão Ambiental

Face à intensificação do aquecimento global e às frequentes mudanças climáticas, o combate a essas mudanças foi integrado na estratégia nacional de desenvolvimento económico e social. Para atingir a "Meta de Carbono Duplo", pico de emissões e neutralidade de carbono, foi assumido um compromisso solene e foram adoptadas políticas e medidas vigorosas para a redução das emissões de carbono. Para seguir a estratégia nacional de desenvolvimento, a RAE de Macau está também a apostar no desenvolvimento verde, traçando a direcção para atingir os objectivos de redução das emissões de carbono.

Sendo o Aeroporto Internacional de Macau uma das principais infra-estruturas de Macau e porta de acesso para outros países e regiões, a Sociedade do Aeroporto Internacional de Macau, SARL (CAM) deve naturalmente assumir a responsabilidade de liderança do seu sector e ficar em consonância com o acelerado ritmo de desenvolvimento verde regional e nacional e, simultaneamente, gerir o Aeroporto Internacional de Macau com base nos valores fulcrais de "Segurança, Eficiência e Eficácia". Nesse sentido, a CAM criou equipas de gestão para fomentar práticas de envolvimento dos parceiros sectoriais através do estabelecimento do “Programa de Gestão Ambiental do Aeroporto” e de medidas adequadas. Este programa é um marco para o nosso Aeroporto verde na trajetória de redução das emissões de carbono de forma exemplar.

Esta Política de Gestão Ambiental representa o compromisso inabalável da CAM na sua gestão ambiental e redução das emissões de carbono. É também uma orientação para os nossos parceiros agirem de acordo com o seu compromisso e em consonância com a nossa direcção de desenvolvimento verde. Os princípios da Política de desenvolvimento verde da CAM incidem em:

  • Trabalhar activamente com os nossos parceiros para implementar as nossas medidas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas;
  • Esforçar-se para reduzir de forma proactiva as nossas emissões de carbono, comprometer-se a trabalhar com o governo e outros parceiros para alcançar a meta final de emissões net zero de emissões de carbono a longo prazo;
  • Comprometer-se com a protecção do meio ambiente, incluindo a prevenção da poluição e a minimização dos impactos ambientais adversos decorrentes da sua gestão aeroportuária e dos serviços operacionais;
  • Cumprir com todas as obrigações de conformidade e realizar avaliações ambientais regulares nas operações do Aeroporto, a fim de garantir o cumprimento dos requisitos especificados pelas nossas partes interessadas;
  • Esforçar-se por implementar a melhoria contínua do sistema de gestão e desempenho ambientais tendo em mente e abordando os riscos bem como as oportunidades de todos os relevantes aspectos ambientais;
  • Minimizar os impactos ambientais adversos decorrentes do ciclo de vida das actividades, produtos e serviços aeroportuários que interagem ou podem interagir com o meio ambiente;
  • Alocar os recursos necessários para a melhoria contínua do desempenho ambiental durante o ciclo “Planear-Executar-Verificar-Agir”, de acordo com as capacidades financeiras e técnicas;
  • Comprometer-se a consumir energia de forma eficiente, reutilizando e reciclando os resíduos e minimizando a produção dos mesmos sempre que praticável;
  • Promover a protecção e valorização dos ecossistemas e da biodiversidade, mantendo simultaneamente a segurança das operações;
  • Garantir que os processos contratados sejam controlados e estejam em conformidade com a Política de Gestão Ambiental da CAM e o Programa de Gestão Ambiental do Aeroporto;
  • Influenciar e colaborar com nossos parceiros para operar de acordo com os princípios desta Política e, em conjunto, encontrar soluções para as principais questões ambientais que não estejam sob controle directo da CAM.

Versão 1
14/04/2022

Programa de Acreditação Aeroportuária de Carbono

O Aeroporto Internacional de Macau participou no Programa de Acreditação Aeroportuária de Carbono, organizado pela ACI, e, desde 2014, tem sido acreditado com o Nível 2 – “Redução”, tendo definido como meta “Reduzir as emissões de carbono por movimento em 20% até 2018, comparando com o nível de 2012”. Graças a um esforço contínuo em prol da redução das emissões, em comparação com 2012, o AIM reduziu 40% das emissões de carbono por movimento de aeronaves em 2018. Não obstante o impacto da pandemia, o Aeroporto Internacional de Macau está a envidar os seus maiores esforços para reduzir a emissão de carbono.

Em 2019, o Aeroporto Internacional de Macau estabeleceu outra meta "Reduzir as emissões de carbono em 30% por movimento em 2028, tendo por termo de comparação o nível registado em 2018" e procedeu a uma revisão do seu Plano de Gestão de Emissões de Carbono. O AIM deu início à implementação de mais projectos e medidas ambientais que podem ser tomadas para atingir a meta definida, tais como projectos de substituição da iluminação por lâmpadas LED, em várias zonas no interior do aeroporto, substituição de veículos antigos por veículos com baixa ou nenhuma emissão e busca de oportunidades para reciclar uma maior quantidade de resíduos provenientes da actividade diária do Aeroporto Internacional de Macau.

Após a implementação de alguns projectos e medidas ecológicos, bem como devido aos esforços conjuntos das entidades envolvidas, em 2019, as emissões de carbono por movimento de aeronave já tinham sido reduzidas em 18%, em comparação ao nível de 2018. Não obstante o impacto da pandemia, o Aeroporto Internacional de Macau está a envidar os seus maiores esforços para reduzir a emissão de carbono.

Prémio

Projecto verde

Parede verde
Troca de veículos

Até o final de 2021, como parte do Plano de Gestão de Emissões de Carbono, o Aeroporto Internacional de Macau já tinha substituído e adquirido oito carros híbridos e três carros eléctricos.

Veículos eléctricos em uso no Aeroporto Internacional de Macau




Veículos híbridos em uso no Aeroporto Internacional de Macau
Programa de Reciclagem de Resíduos Alimentares

O Aeroporto Internacional de Macau implementou, em 2013, o Programa de Reciclagem de Resíduos Alimentares. Nos últimos anos, com recurso ao Compositor de Resíduos Alimentares, foram tratados os resíduos alimentares gerados a partir das refeições não consumidas em voo e os resíduos alimentares da cantina dos trabalhadores da Servair Macau bem como os resíduos alimentares dos Restaurantes do Aeroporto, Plaza Lounge Premium e das cafeterias do edifício do terminal de passageiros. Até ao final de 2021, através da Máquina de Compostagem de Desperdício de Alimentos já tinham sido reciclados mais de 106.000 kg de resíduos de alimentos, tendo estes sido transformados em adubo orgânico, usado, pela equipa de Paisagismo, para fertilização da relva perto da área da pista. Isso contribuiu para a redução da quantidade de resíduos direccionados para incineração.


Resíduos Alimentares
Aeroporto verde com várias plantas

No edifício do terminal de passageiros, estão distribuídas de forma rotativa, a cada estação do ano, plantas como Calathea makoyana, Rhapis excels, Fagraea ceilanica, Schefflera heptaphylla e Dracaena marginata. Plantas verdes ajudam a reduzir a emissão de CO2, limpam e melhoram a qualidade do ar. O Aeroporto Internacional de Macau está empenhado em proporcionar a todos os passageiros uma experiência inesquecível de um aeroporto verde.


Plantas verdes no Aeroporto Internacional de Macau
Substituição da iluminação do solo em aeródromos (sigla inglesa AGL)

Desde 2013, com o subsídio do Fundo de Protecção Ambiental e Conservação de Energia do Governo da RAEM, o Aeroporto Internacional de Macau substituiu as tradicionais luzes laterais da pista, barreira de paragem (“Stop Bar”), iluminação do eixo dos caminhos de circulação e da plataforma de estacionamento. A partir de 2017, a CAM também investiu na substituição das luzes intermitentes sequenciais (SFL) e das luzes de identificação da soleira das pistas (LISP) 16 e 34 por luzes LED. Após a substituição da iluminação do solo (AGL) acima mencionados, podem ser reduzidos mais de 16,000 kg de emissões de carbono.


Luzes Laterais de Pista e Barras LED de sinalização de interrupção de marcha